Clubes confirmam início da competição no dia 27

• Foi com grande senso de responsabilidade e comprometimento que em setembro de 2015, após várias reuniões, os 15 clubes de futebol que subscrevem este comunicado fundaram a Primeira Liga, visando organizar uma competição entre seus filiados, a qual iniciará no dia 27 deste mês.

• Desde o princípio os 15 clubes seguiram estritamente todas as obrigações exigidas pela Lei Pelé, pelo Estatuto do Torcedor e pelo Código Civil. A Primeira Liga, acima de tudo, é uma entidade legalista, no sentido jurídico da palavra. Quaisquer afirmações de que a Primeira Liga não teria obedecido a legislação brasileira não passam de retórica infundada, derivada exclusivamente do medo que impera em algumas entidades de que finalmente os clubes tenham o papel que lhes cabe na organização do futebol brasileiro.

• Somos conhecedores da realidade do futebol e de seus problemas atuais. Sabemos da responsabilidade que temos com os torcedores de cada um dos 15 clubes. Por isto, fundar a Primeira Liga não foi apenas um ato para criar uma nova competição, mas também uma iniciativa que objetiva iniciar um novo processo de discussão dos problemas do futebol no Brasil.

• Nas últimas semanas o Presidente da Primeira Liga manteve constante contato com diretores da CBF e com o Presidente licenciado, Marco Polo Del Nero, visando a integração da competição ao calendário de 2017, mediante algumas modificações nos critérios da competição. A partir disto, obtivemos o compromisso de que não haveria objeção por parte da CBF com relação a realização da competição em 2016.

• Nossa grande resposta será dada dentro de campo. Por isso, convocamos os torcedores do futebol para que mostrem juntamente conosco a força dos clubes no futebol nacional. Façamos da Copa da Primeira Liga uma grande festa, onde não deve haver lugar para a violência e o torcedor possa mostrar seu orgulho de apoiar o clube do coração. Desejamos que, dentro de campo, vença o melhor, e que este seja coroado, no dia 31 de março, com o troféu de campeão da primeira competição oficial da Primeira Liga.